Muitos materiais estão disponíveis no mercado e a escolha pode depender de vários fatores como o valor do m², custo da mão de obra para cada material, conforto, manutenção, durabilidade e é claro, estética.

 

Forro de Gesso e Drywall

forro-gesso-smart[1]

Provavelmente é o material mais comum em obras residenciais no Brasil. Isso traz a vantagem de existirem muitas empresas e autônomos especializados no assunto.

O sistema consiste em anexar uma superfície de gesso à cobertura através de arames, de forma que o usuário veja apenas um plano liso. Por isso, uma das suas mais destacadas vantagens é o seu aspecto estético.

O forro de gesso pode ganhar inúmeras formas e desenhos e a criação de sancas fica mais fácil com esse tipo de produto. Projetos que planejam iluminação embutida encontram no material um grande aliado.

Lembre-se que existem dois tipo de forro de gesso e as duas possuem processos de instalação e qualidades diferentes. A placa de drywall é uma placa de gesso revestida de papel acartonado. Além de propiciar maior conforto térmico e acústico, trincas e amarelemento são raros de acontecer.

O gesso comum é mais conhecido e a sua instalação é bem trabalhosa. Ele precisa de alinhamento e de ser plumado, o que cuasa muita sujeira na hora de sua instalação. Já o Drywall utiliza placas e é fixada na estrutura do teto.

Forro de PVC

forro-pvc[1]

O forro de PVC é um material que rapidamente se popularizou, principalmente pelo seu preço. O material é bem leve e possui fácil instalação. Ele pode ser limpo com apenas água e detergente neutro e não necessita de uma camada de tinta, já que o PVC possui cor e brilho natural.

Sua vantagem inclui: excelente isolante acústico e térmico, não sofre alteração em contato com a umidade e é imune ao ataque de cupins.

 

Forros Modulares

forros-modulares-smart[1]

São muito comuns em escritórios e ambientes corporativos. O material está no mercado há um bom tempo e sua tecnologia está sempre sendo renovada.

Consistem em um conjunto de placas apoiadas sobre estruturas metálicas que ficam semi-aparentes na maioria das vezes. Isso facilita a instalação de outros dispositivos, como sprinklers, detectores de fumaça, alarmes e fácil acesso a rede elétrica.

O tipo de fechamento determina o desempenho acústico e térmico, assim como o seu preço final.


fonte: www.bimbon.com.br

Confira outras dicas da Nici